sexta-feira, 10 de junho de 2011

Se a solidão tivesse cor
Essa seria toda preta
Mas quando te vejo
Todo vestido de solidão
Penso que não sejas assim
Não mereces tamanha tortura
Tal desgraça pertence a mim
Só eu a suporto e a tenho
Mas quando seu olhar cruza o meu
Um contentamento e palpitação
Dominam todo meu coração
E assim, toda desconcertada,
Sigo vivendo e sonhando
Em busca de menos solidão

Poeminha pra todos aqueles que vestem ou amam alguma solidão

Um comentário: